Ter um imóvel próprio é o sonho de muitos brasileiros. Porém, esse desejo pode ser adiado se não houver uma reserva financeira para custear a entrada da casa ou do apartamento e as demais taxas que você deve pagar.

Por isso, para ajudá-lo a fazer o planejamento financeiro para adquirir seu imóvel, preparamos este post com 7 dicas sobre o assunto. Ficou curioso para conferir tudo com a gente? Então, confira o nosso artigo!

1. Conheça suas despesas e receitas

Sabe aquele café da padaria ou aquele lanchinho que você adora? Se colocar na ponta do lápis, você verá quanto custa manter essas vontades. No fim do mês, o gasto só com o lanche pode representar R$ 200 do seu orçamento. Por isso, é importante conhecer suas despesas e receitas e anotar tudo!

2. Estabeleça metas

Coloque uma poupança como meta. Desta forma, você poderá se planejar, economizar e se preparar para todos os gastos com a compra do seu imóvel, pois com uma reserva de segurança conseguirá realizar o sonho de ter o apartamento próprio e estará preparado para enfrentar qualquer dificuldade financeira.

3. Economize

Além do café na padaria e da roupa de boutique, economize com as saídas por semana. A comida de todo sábado e outros gastos que você não considera tão importantes. Deixe-os em segundo  plano e dê lugar à realização do seu sonho. Coloque o seu apartamento como a prioridade na sua vida e da sua família.

4. Renegocie as dívidas

As dívidas são como ralos enormes de dinheiro por onde escorre todo o seu salário. Mas com um planejamento eficiente você conseguirá regularizá-las. Para isso, renegocie e quite as suas dívidas o mais rápido possível. Comece pelo cartão de crédito, que tem os juros mais altos. Depois, passe para o cheque especial e siga até ter pago todas as dívidas.

5. Tenha disciplina

É preciso lembrar que comprar um imóvel não é nada barato. Por isso, a primeira coisa a fazer é se organizar financeiramente. Faça uma planilha, acrescente seus ganhos e gastos, calcule quanto sobrará por mês para você investir na compra da sua casa ou apartamento. Com base nesse orçamento, economize e estabeleça um percentual mínimo de sua renda a ser poupado por mês. Que sejam R$ 100,00, R$ 500,00 ou até mesmo R$1000 por mês, trabalhe com uma meta a ser poupada.

6. Estude as possibilidades de financiamento

A maioria dos brasileiros opta pelo financiamento imobiliário para comprar um imóvel. Muitos bancos têm linhas de financiamento para a compra de imóveis. Porém, a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil são os que costumam ter as melhores condições de financiamento. Nos empréstimos imobiliários, os juros são mais baixos e os prazos maiores.

Também estude a possibilidade de fazer consórcios. Eles são bem parecidos com os financiamentos, mas com a particularidade de você não saber quando vai receber o apartamento. Tudo depende de quando seu nome será contemplado com o imóvel.

7. Calcule e avalie as prestações do imóvel

Fique atento às parcelas do financiamento e não comprometa mais que 30% dos seus rendimentos mensais. Lembre-se que você irá pagá-lo por alguns anos e esse valor não deve comprometer a sua qualidade de vida e de sua família.

Para conquistar o sonho do imóvel próprio é preciso fazer um bom planejamento financeiro. Desta maneira, você evitará problemas com dívidas no futuro e terá sua tão sonhada casa ou apartamento!

Quer conferir mais conteúdos como este? Leia o nosso próximo artigo e conheça 6 vantagens de comprar um apartamento na planta em Poços de Caldas!

Mondrian - Horizonte Construtora

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu