Comprar um imóvel na planta costuma ser um negócio com muitas vantagens, principalmente para quem investe no mercado imobiliário ou tem condições de esperar a finalização da construção. Entretanto, os riscos presentes nesse tipo de transação são diversos, por isso, é necessário que o comprador tenha atenção aos mínimos detalhes.

Dessa forma, para lhe ajudar a sanar suas inseguranças perante tantas ofertas mercadológicas e lhe orientar a fechar o melhor negócio, nós criamos este artigo com algumas medidas que você, investidor, precisa tomar antes de comprar um imóvel diretamente da planta. Confira!

Avalie a credibilidade da incorporadora

Antes de tomar qualquer decisão, você deve fazer uma pesquisa aprofundada sobre as diversas empresas e profissionais do ramo. Isso porque as opções são muitas e escolher a melhor incorporadora quando não se tem experiência na área é um tanto complicado.

Assim, procure conhecer a trajetória de diferentes incorporadoras, converse com profissionais confiáveis do segmento, analise a credibilidade de cada uma delas com base nas informações de trabalhos, vendas e outros dados importantes para não cair em golpes.

Confira todos os detalhes do projeto

No momento de conferir o projeto físico da obra, tome bastante cuidado para não se enganar com as aparências. À primeira vista, qualquer empreendimento se mostra impecável, mas é depois que a execução começa que se pode enxergar os detalhes.

Por isso, não se prenda puramente às especificações do projeto. Colha as principais informações da futura construção e faça uma análise de todo o esquema, aplicando esses dados ao plano real, como localização, posição do edifício em relação à luz do Sol etc.

Dê muita atenção para o atendimento de toda a equipe

Há quem diga que a primeira impressão é a que fica. E em alguns casos, essa premissa é bem verdadeira. Já no primeiro contato com a equipe da incorporadora é possível ter uma noção do profissionalismo e da real qualidade do trabalho exercido.

Uma sugestão que lhe guiará muito nessa etapa é levar materiais do projeto para conversar com os representantes. Faça perguntas, verifique a veracidade das informações divulgadas, tire todas as dúvidas possíveis, acompanhando a forma como todos estão lhe atendendo.

Leia com muita atenção os documentos de contrato do imóvel

Outro quesito no qual você deve prestar bastante atenção antes de comprar um imóvel na planta são os documentos de contrato. É nele que estão todos os dados sobre o projeto e os acordos de compra da futura propriedade.

Então, dedique o máximo de tempo que puder na leitura desse documento. Questione tópicos duvidosos e cláusulas abusivas antes de fechar um acordo, afinal, a sua assinatura significa que você concorda com todos os termos propostos do contrato.

Certifique-se de qual é o local e quando será a data de entrega da obra

Conferir a localização da construção é um ponto importantíssimo do processo de compra de uma propriedade na planta. Assim que as informações sobre a região do empreendimento forem divulgadas, não perca tempo e vá até o local para verificar a qualidade do ambiente.

Além disso, o prazo de entrega da construção também não pode ser deixado de lado. Mesmo com todo o planejamento, imprevistos acontecem e alguns atrasos são inevitáveis. Saber para quando é a previsão de entrega do imóvel é crucial para evitar problemas.

Confira se a incorporadora possui todas as certificações

Antes de poderem vender as plantas de imóveis em construção, é exigido das incorporadoras uma infinidade de documentos e certificações de credibilidade. Com a ausência deles, a transação se torna irregular, deixando o comprador sujeito a fraudes.

Por este motivo, certifique-se de que a construtora escolhida possui os certificados de qualidade da ISO — International Organization for Standardization — e do PBQP-h — Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat.

Esses certificados são fornecidos em parceria com a Caixa Econômica, sendo a comprovação da qualidade dos serviços oferecidos relacionados à construção de moradias, na qual apenas as empresas muito comprometidas conseguem firmá-las.

Avalie o custo x benefício

O último tópico, mas não menos importante — na verdade é um dos mais importantes —, é a avaliação do custo benefício do imóvel.  Existem dois tipos de contrato: o fechado e o com taxas administrativas. Cabe a você analisar qual deles lhe beneficia mais.

O contrato fechado é aquele em que as duas partes do negócio determinam um valor único a ser pago pelo comprador por todo o projeto. Já o com taxas administrativas não possui todos os valores definidos, o que implica na cobrança de parcelas mensais a cada etapa da construção realizada.

Ao começar a planejar a compra de um imóvel na planta, tenha cuidado para não fechar negócio com empresas que dão prioridade ao próprio lucro ao invés da qualidade de vida das pessoas que viverão na residência. Mas, se você seguir todos esses passos à risca, as chances de fechar um negócio ruim são mínimas.

Agora que você já sabe o que fazer antes de comprar uma casa ou apartamento na planta, compartilhe este conteúdo em suas redes sociais e mostre aos seus amigos que você sabe tudo sobre o mercado imobiliário!

https://materiais.horizonteconstrutora.com/mondrian

 

Este post tem 2 comentários

Deixe uma resposta

Fechar Menu