Infelizmente, os golpes no mercado imobiliário são reais e estão sendo cada vez mais comuns. Geralmente, as vítimas são atraídas por anúncios conquistadores, preços abaixo da média e promessas de oportunidades imperdíveis.

E se engana quem acredita que só os iniciantes no ramo estão sujeitos a fraudes. Muitos investidores e compradores experientes não conseguem evitar os golpes imobiliários e acabam tendo que arcar com enormes prejuízos.

Isso só prova que não existe um perfil alvo; qualquer pessoa, sendo leiga ou altamente instruída no segmento, pode sofrer algum tipo de golpe. Porém, há algumas formas de se proteger desses esquemas, e hoje, reunimos ótimas informações para que você aprenda a identificar qualquer truque do gênero. Continue acompanhando e descubra como se proteger!

1. Veja a veracidade dos documentos

A falsificação mais praticada no ramo imobiliário é a dos documentos de regulamentação do imóvel. Isso ocorre com tanta frequência porque são muitos papéis para ler, verificar e assinar, o que facilita a aplicação desse golpe.

Normalmente, o falso corretor consegue a cópia da escritura da construção e falsifica os documentos de identidade do verdadeiro dono, levando a vítima a comprar a residência ocupada.

Para evitar esse esquema, desconfie se lhe pedirem qualquer adiantamento de valores. Ainda, solicite uma cópia de toda a documentação de identidade do dono original e vá até um órgão público para atestar a veracidade da papelada. Você também pode visitar o imóvel para descobrir se ele está realmente à venda.

2. Confira se é um empreendimento existente

Esse tipo de golpe é muito comum em vendas de construções na planta. Ele acontece quando a vítima compra um lote ou um projeto em andamento inexistente, ou com o endereço diferente do que consta no registro do imóvel.

Felizmente, identificar esse truque é bastante simples: basta conferir o registro do lote no cartório. Caso a planta do empreendimento não esteja registrada, não faça a compra.

3. Desconfie de preços fora do mercado

Mais uma recomendação para evitar os golpes imobiliários é questionar os preços que não condizem com a realidade do mercado. Construções descritas como “de alto padrão” e com preços muito baixos, normalmente estão com a documentação desregularizada ou estão presas em algum processo judicial.

Caso esteja em dúvida, evite sempre empreendimentos que se encaixem nessas condições ou que apresentam vantagens extremas, incompatíveis com a realidade.

4. Procure saber se não há outros compradores

Outro golpe que tem se tornado muito comum é a venda do mesmo imóvel para várias pessoas diferentes. Nessa situação, geralmente é o proprietário da construção que aplica o esquema; ele aproveita a mesma documentação para vender a unidade a pessoas diferentes. Para não cair nesse truque, não repasse nenhum valor antes de ter os documentos do imóvel em seu nome.

5. Não pague “taxas de reserva do imóvel”

Também conhecido como “golpe da portaria”, esse esquema consiste na seguinte situação: ao ver no anúncio do imóvel que as chaves se encontram na portaria, o estelionatário leva os interessados para uma visita, se passando por um corretor.

Ele consegue convencer o possível comprador a pagar uma taxa de reserva, alegando que o empreendimento está muito concorrido e que será vendido muito rápido. Portanto, para se livrar de um golpe desse, sempre verifique o cadastro do corretor no CRECI — Conselho Regional de Corretores de Imóveis — antes de pagar qualquer valor.

6. Evite aluguéis por valores muito baixos

Por fim, mas igualmente perigoso, está o golpe da “viagem do proprietário”. Semelhante ao esquema da portaria, o criminoso se aproveita da fácil disponibilidade das chaves e da ausência do dono do imóvel para aplicar o truque.

Se passando por um corretor, ele informa que o proprietário está prestes a fazer uma longa viagem com urgência, justificando o valor tão baixo do aluguel. A medida de segurança aqui é a mesma citada nos tópicos acima; desconfie de preços irreais e verifique o registro do corretor nos órgãos especializados.

Com todas essas informações, você, certamente, será capaz de evitar os golpes imobiliários. E caso queira uma segurança ainda maior, procure os serviços de uma corretora de confiança.

Agora que você já sabe o que fazer quando se deparar com situações parecidas, venha conhecer os nossos melhores empreendimentos!

Deixe uma resposta

Fechar Menu